Exposição Brasília em Azulejos


Exposição Brasília em Azulejos

Artista plástico João Henrique dá cores e formas à promoção e exposição criadas pelo Venâncio Shopping em homenagem ao aniversário de Brasília

Em homenagem ao aniversário de Brasília, a ação Brasília em Azulejos movimenta o Venâncio Shopping com a beleza do trabalho do artista plástico João Henrique, especializado em serigrafia em azulejos. Composta por 25 painéis, a exposição terá vernissage em 25 de abril e poderá ser conferida pelo público no espaço Venâncio Cultural até 10 de maio. Nela, o artista, que desenvolve o seu trabalho a partir da memória afetiva, demonstra o seu poder de criação de temas diversos, a maioria deles relacionados à Capital, cenário de suas lembranças e vivências. “Acredito que o meu trabalho é bastante biográfico, pois resgata muito do que trago na memória. Na mostra estão referências ao Parque da Cidade, o foguete do Parque da Cidade, a linha de ônibus Zebrinha, o Alvorada, a Igrejinha… É meio como uma coleção de afetos, com uma pegada nostálgica. Estou muito feliz com esta oportunidade que o Venâncio me apresentou de expor a minha arte em um contexto tão simbólico como as comemorações do aniversário de nossa cidade”, explica o artista de 37 anos.
João Henrique também foi o artista da nova geração da cidade convidado a assinar as peças da promoção compre e ganhe, que brindará o público com azulejos das linhas Aperto de Mãos, Alvorada e Igrejinha. “Ao todo serão entregues 500 peças que são colecionáveis podendo ser utilizadas como quadros emoldurados ou de outras formas a critério do ganhador”, explica Ana Lúcia Rodrigues, gerente de marketing do shopping. Para participar é simples: A cada R$ 50,00 em compras nas lojas participantes, o cliente cadastra sua nota modelo N.F(e) e troca por um dos três modelos disponíveis a sua escolha. Não há limite de troca por CPF, o que permite ao cliente fazer a coleção (regulamento no site www.venancioshopping.com.br).
Apesar da referência imediata a Athos Bulcão, o artista esclarece que a comparação se dá mais pela superfície de aplicação do trabalho. “Minha matriz principal é o azulejo, assim como era para o genial Athos. Mas acredito que minhas referências estejam mais ligadas a artistas como José Leonilson, Volpi, Marcelo Solá”. Em Brasília, o trabalho de João Henrique vai além das exposições. “Trabalho com produção em linha e tenho, atualmente, 53 modelos para criação de paineis, embora também trabalhe crie paineis exclusivos. Então, acaba que a minha arte tem um encontro muito interessante com a arquitetura, já que pode ser aplicado em fachadas, saunas, cozinhas, salas de estar, jardins, muros, bancos, mesas, enfim, o céu é o limite. Meu sonho é receber uma encomenda para azulejar uma piscina”, torce.
Técnica em azulejos
Os azulejos são criados e desenhados à mão e, quando necessário, por computação gráfica. O desenho pronto é aplicado na cerâmica pelo processo de serigrafia, e os azulejos são colocados em um forno específico para cozimento, o que dá às peças o aspecto, a textura, o brilho e a resistência necessários. O conceito de aplicação aleatória das peças poderá ser contemplado nos painéis.
Sobre o artista
João Henrique Cunha Rego nasceu em Brasília, em 1982, e é formado em Artes Plásticas pela Universidade de Brasília – UnB. Desde criança, possui curiosidade e admiração pelos trabalhos do grande artista Athos Bulcão. O artista, ainda na adolescência, teve o privilégio de conhecê-lo. Após alguns anos de atuação na área das artes plásticas, decoração e estudos sobre azulejaria, João Henrique dá início à criação e produção de azulejos.  A proposta é utilizar o azulejo como suporte de trabalho e integrar arte, arquitetura e decoração por meio de painéis exclusivos e interativos. O artista trabalha seguindo os conceitos desenvolvidos inicialmente por Athos, como a organização aleatória dos azulejos, na qual o assentamento dos painéis é de livre escolha pelo azulejista, conforme poucas orientações, como não repetir padrões ou colocar peças na mesma disposição.
O artista, o azulejista e quem contempla os painéis – todos são responsáveis pela obra. Arquitetos de Brasília e Goiânia, São Paulo, tem utilizado seu trabalho para harmonizar ambientes, marcar espaços e compor suas obras.
Serviço:
Exposição Brasília em Azulejos
Até 10 de maio, no Espaço Venâncio Cultural
Promoção Brasília em Azulejos
Até 15 de maio
Venâncio Shopping
SCS Quadra 8, Brasília/DF
www.venancioshopping.com.br
Facebook e Instagram: @venancioshopping